Ensaios e Novidades

Um pouco da vida e um pouco de autoconhecimento


Política: descrença e esperança. Qual será a próxima denúncia ou o próximo escândalo?

Política: descrença e esperança. Qual será a próxima denúncia ou o próximo escândalo?

    por Ricardo Spíndola Mariz
    Publicado em: 10/09/2019
    Categoria:

Baixar PDF do Ensaio     Imprimir o Ensaio     Compartilhar Ensaio

Na esquina do pensamento de hoje quero conversar com você sobre a crise política que estamos passando. Quero te pedir licença e paciência para tratar desse tema delicado, tenso, mas fundamental para nosso país e, em especial, para o futuro das nossas crianças.

Imagina a política como uma grande engrenagem. Um grande motor. Esse motor é alimentado, como dizia Bourdieu, por dois combustíveis: crença e o reconhecimento. Preciso acreditar que alguns problemas têm solução e reconhecer que determinadas pessoas possuem o desejo e as condições para resolver esses problemas.

Mas existe uma relação imbricada entre o motor e o combustível – quanto melhor funciona o motor, mais crença e reconhecimento (combustível) ele recebe.

E o contrário também é verdadeiro, quanto pior funciona o motor, menos combustível ele recebe. Sendo esvaziado de combustível, a política perde sua força de organização do espaço comum. É a ruptura entre o poder a política indicada pela Bauman, ou seja, a política esvaziada de poder. A forma que organizamos a política atualmente não dá conta de responder aos nossos desafios. Isso não quer dizer que os problemas deixarão de existir, pelo contrário, eles tendem aumentar e serem decididos na esfera particular, cada um se virando, algo como a “lei do mais forte”.

Esse esvaziamento da política é tão claro que o principal mote para um candidato ganhar uma eleição hoje em nosso país é falar que não é político. Isso é muito sério. É uma manipulação da nossa decepção, da nossa descrença.

Deixa eu te falar como eu consigo perceber essa dinâmica da descrença no nosso caso. A ação política no brasil, de maneira geral é feita como um negócio particular ou de pequenos grupos, mas a cena dessa mesma ação nos é apresentada como uma ação pública, republicana, preocupada com o bem comum.

Fazer negócio não é ruim. Na verdade, é fundamental para nossa sociedade, mas o lugar do negócio não é a política. Ou seja, imagina uma peça de teatro onde os atores e atrizes encenam uma coisa no palco e vivem outra coisa nos bastidores. No caso do teatro não é um problema, é o esperado. No caso da política afeta a nossa crença e o nosso reconhecimento. A espetacularização da política esvazia a política de força. Quanto maior a teatralização maior o risco do desencanto, mas a teatralização tem sido o recurso para garantir nossos votos.

Por isso tanto dinheiro investido em propaganda e a transformação de políticos em atores e atrizes. E é por isso também que a cobertura da impressa de maneira espetacularização em nada ajuda. Transformar a política numa novela, numa comédia ou numa tragédia.

A política não pode ser esse lugar dos profissionais de negócios, existe um outro lugar para esses profissionais. A política é o espaço para cuidar do bem comum e podemos possuir entendimentos diferentes sobre esse cuidado. Isso não é o problema e a disputa deveria acontecer em função dessas diferenças.

Olha só, na origem da palavra política está polis que quer dizer cidade, o lugar comum, a casa comum. O Rubem Alves escreveu um pequeno texto sobre política. Para ele a boa política é “a arte da jardinagem aplicada às coisas públicas”. Você deve estar achando essa prosa muito inocente, mas quero te dizer uma coisinha, com todo carinho, inocência é achar que basta cuidar do jardim na nossa casa, da janela do nosso apartamento ou do nosso condomínio. Se for assim viveremos numa casa com jardim cercada de um grande e perigoso deserto. Pensa um pouco nisso.

Um grande abraço!


Fonte: MARIZ, Ricardo Spíndola. Política: descrença e esperança. Qual será a próxima denúncia ou o próximo escândalo?. Esquina do Pensamento. Brasília, 10 de set. de 2019. Disponível em: <http://www.esquinadopensamento.com.br/ensaios?id=33/politica-descrenca-e-esperanca-qual-sera-a-proxima-denuncia-ou-o-proximo-escandalo>. Acessado em: 24 de out. de 2020.









Vídeos

Reflexões e ponderações em um mundo acelerado



COMO ANDA SUA SAÚDE PSICOLÓGICA? TEM REPARADO NISSO?
DEPRESSÃO, DEVEMOS FALAR SOBRE ISSO!
QUE DOR É ESSA QUE LEVA UMA PESSOA AO DESESPERO? VAMOS CONVERSAR SOBRE ISSO?






Ensaios e Novidades

Um pouco da vida e um pouco de autoconhecimento



Imagem de capa do card
por Paula Franco

Resenã de la película Infancia Clandestina
Un análisis de la película Infancia Clandestina, de...

Imagem de capa do card
por Reinaldo Cordova

A conjuntura Histórica
Em conversas informais eventualmente pode surgir uma  informação sobre algum evento ou...

Imagem de capa do card
por Paula Franco

Nuestra casa, América Latina
Hoy elegí temas dulces para el texto de español. Tengo ganas de escribir acerca de...

Imagem de capa do card
por Lucas Machado

Ágora 2.0: Ascensão do neopopulismo virtual
O retorno do populismo é um dos temas do momento - no...







Parcerias

Caminhando juntos vamos mais longe



Clínica Souza
Clínica Souza
Clínica Souza
Clínica Souza
Clínica Souza
Clínica Souza
Clínica Souza
Espanhol para Todos

Logo

© 2019. Esquina do Pensamento. Todos os direitos reservados.
contato@esquinadopensamento.com.br | (61) 99654-3653

Facebook             Facebook